Aula 06 – Introdução: As consoantes duplas

A primeira lição apresentou uma visão geral do japonês, com seus “sistemas de escrita” silabários, os kana (hiragana e katakana) e o kanji (ideográfico), além de alguns conceitos importantes como romaji, leitura chinesa e japonesa e etc. Em seguida vimos os modos de escrita na lição 2.

 Na terceira lição, vimos os 46 kana básicos do hiragana e do katakana. Eles representam sons, sílabas, e são usados para formar todos os outros kana que nós vimos posteriormente. São esses 46 que você tem que decorar.

 Nas lições 4 e 5, nós vimos que os 46 kana básicos são usados para formar novas sílabas pela modificação (usando um sinal como nigori) ou pela combinação (O kana que acompanha o I de cada família + YA, YU ou YO – ex.: KI + YA = KYA). Sabendo disso e conhecendo os 46 básicos você já pode formar QUASE qualquer palavra.

Vejamos o que falta. O que está escrito abaixo?

Se você disse BA TSU TO, está enganado. Eu juro que aqui está escrito BATTO. ^_^

Se você acha que aquilo é um TSU, você está enganado! Aquilo é um TSU PEQUENO!! Hahaha

Veja a diferença entre o tsu e o tsu pequeno:

Acho que já deu para entender né? Um “tsu pequeno” é usado no lugar da primeira consoante que se repete. As consoantes duplas são as seguintes:

KK  SS  TT  PP

 Todos eles ganham um ‘tsu pequeno’ no local da primeira consoante. Veja:

と (zutto)

し (zasshi)

けん (tekken)

かり (bakkari)

Lembrando que isso não funciona só para o hiragana, para o katakana é a mesma coisa, se usa um ‘tsu (do katakana) pequeno’. Exemplo:

ト (batto)

Moleza, não? Mas e se houver vogais duplas? Confira na próxima lição!

Leia Mais