Aula 47 – Gramática: Partículas I

Prepare-se!! Você está prestes a entrar no Fantástico Mundo das Partículas!! Não, não tem nada a ver com física avançada, embora essas particulas do japonês também pareçam infinitas… Que a força esteja com você!!

は [wa]

Veja o exemplo abaixo:

 わたし けいたろう です
Eu sou Keitarou.

Na tradução em português não tem correspondente para esse WA… E aí?

Bom, o que acontece é que nem todas as partículas tem um “significado”, mas todas elas servem para indicar alguma coisa:

WA é uma partícula que indica o tópico da frase (“do que se está falando”).

No caso acima, o WA indica que eu sou o Keitarou. De modo geral, serve para indicar o sujeito (mas nem sempre), que pode ser uma pessoa, uma coisa ou um pronome. Veja outro exemplo:

 これあついです
Isto é quente.

WA é uma partícula importantíssima que aparece a todo momento, espero que tenha ficado claro…

“Pô Keitarou, além de me deixar esperando curioso esse tempo todo desde a última lição você ainda me ensina errado! Isso não é WA, isso é HA, eu sei porque acertei a prova quase toda!”

Parece HA mesmo né? Até se escreve como HA… Mas não é HA não, é WA! Por que? Isso não importa agora, basta saber que o HA, quando usado como partícula, é lido (“pronunciado”) como WA.

Vamos para a próxima, que é muito mais fácil:

か [ka]

Como assim? KA vindo no final da frase significa que você está fazendo uma pergunta. É a mesma coisa que um ponto de interrogação!!

あなたけいたろう です
Você é Keitarou?

Viu? o KA foi “traduzido” como um ponto de interrogação, porque é isso mesmo que ele é, um indicador de que a sentença é interrogativa.

Leia Mais